fbpx

The Batman é o filme de detive que todos queriam ver do herói

Crítica | The Batman

no title has been provided for this book
Batman (The Batman, no original) segue o segundo ano de Bruce Wayne (Robert Pattinson) como o herói de Gotham, causando medo nos corações dos criminosos da sombria cidade. Com apenas alguns aliados de confiança - Alfred Pennyworth (Andy Serkis) e o tenente James Gordon (Jeffrey Wright) - entre a rede corrupta de funcionários e figuras importantes do distrito, o vigilante solitário se estabeleceu como a única personificação da vingança entre seus concidadãos. Durante uma de…

Antes de falar qualquer coisa sobre The Batman preciso deixar logo claro que ele não tem qualquer ligação com outros filmes da DC e, ele não é melhor e nem pior que Cavaleiro das Trevas, The Batman é único e ele já é incrível por isso. Queria escrever várias coisas aqui sobre esse filme, mas o mais sensacional dessa experiência cinematográfica é a surpresa, então, não diferente dos demais textos que escrevo vou me atentar aqui mais a parte técnica do que a história do filme em si, para que quando você veja o filme a experiência seja única também. Veja The Batman no cinema, usem máscaras e se vacinem.

Um filme com 3h de duração pode parecer chato e enfadonho se não trabalhar bem o seu texto e a sua narrativa, todavia, Matt Reeves constrói tudo isso muito bem em The Batman, abordando temáticas atuais, como o capitalismo desenfreado e o poderio da internet em criar células extremistas, sem em nenhum momento abandonar o enredo principal do filme. Em The Batman todos os personagens tem seu tempo correto de tela e com atuações excelentes, Zoë Kravitz, Paul Dano e Colin Farrell estão incríveis em suas atuações, entregando personagens únicos ao mesmo tempo que parecem ter sido retirados dos quadrinhos.

A direção de Reevis está magnífica e você já sente tudo isso na abertura do filme, com a trilha sonora de Michael Giacchino criando uma atmosfera de suspense como filmes de investigação, tal qual Seven: 7 Pecados Capitais. Se eu tivesse que colocar algum defeito no filme seria para a sua montagem, o filme poderia ter cenas a menos, porém, isso não interfere significativamente na narrativa. A fotografia combina com tudo, por mais que o filme seja muito escuro é possível enxergar tudo que está acontecendo nas cenas, utilizando o vermelho muito bem.

Quero finalizar essa resenha elogiando a atuação de Robert Pattinson. O ator entrega uma trabalho incrível, ele dá medo, ele é um louco traumatizado, que tem medo de seus traumas, Bruce Wayne de Robert Pattinson é realmente o que seria uma pessoa que usa roupa de morcego para combater o crime numa cidade como Gotham, suja, corrompida e falida. Este Batman é a vingança, a sombras, mas também a esperança dessa cidade.

Gustavo Oliveira

Co-Fundador do Studio Cabeçalho, fundador do Site Cabeçalho, Apaixonado por cinema e audiovisual, mas que realmente sempre quis ser o Power Ranger vermelho.